Privacidade e a Ficção

Aviso

Este post possui spoiler.

Alguns dias atrás eu e o Panaggio estavamos falando de nossas expectativas em relação a terceira temporada de “Person of Interest”.

Nota

Para o caso de você nunca ter ouvido falar sobre “Person of Interest” vou fazer um pequeno resumo.

Harold Finch é um “magnata” e gênio da computação criou “The Machine” (é assim que ela é referenciada no seriado), um programa que rodava (até o final da segunda temporada) em um cluster do governo americano e estava conectado a TODOS os microfones e TODAS as cameras do planeta. “The Machine” utiliza as informações capturadas pelos microfones e cameras para prever acontecimentos. Destes acontecimentos, grande parte é descartada por não ser de grande importância para o governo e Finch recebe o primeiro número de CPF do trecho descartado diariamente.

No primeiro episódio, Finch contrata John Reese (um ex-agente especial) para ajudá-lo com os números fornecido pela “The Machine”.

Nossa conversa foi motivada pelo fato de que durante as duas primeiras temporadas existia “uma conspiração” de que algo semelhante a “The Machine” do seriado realmente existia e que no intervalo entre a segunda e terceira temporada a conspiração passou a ser fato (que atende pelo no de PRISM, graças a Edward Snowden).

O Panaggio acreditava que os roteiristas iriam preparar algo bem bacana para a terceira temporada que tenderia mais para alertar as pessoas da importância da privacidade do que fortalecer o pensamento de que “não tenho nada para esconder então está tudo bem”.

Fico feliz em dizer que logo no segundo episódio o CPF fornecido é de Wayne (uma mistura de Sergey Brin, Larry Page e Nark Zuckerberg). Isso mesmo, o CPF é do dono de uma “ponto com” que vende informações sobre pessoas para que estiver disposto a comprar (descrição completa aqui).

Fico mais feliz ainda pela cena em que Wayne parabeniza seu “sócio” pela gravidez que ainda não foi anunciada mas que o programa da companhia de Wayne já descobri com base nas compras do supermercado (assista essa cena aqui).

Depois dessa você ainda vai continuar utilizando Facebook, Google Plus e similares?

Para terminar, infelizmente não gostei das revelações presentes no fim do episódio. Mas creio que já escrivi spoiler suficiente por hoje.